webards.net - news from the new(s) web
De: "rui.costa" <rui.costa(arroba)kimus.net>
Para: <news(arroba)webards.net>
Data: Quinta, 14 de Abril de 2005 22:24
Assunto: Caixa Mágica

artigo de hoje no TEK:
Ministério promove utilização do Linux Caixa Mágica para a justiça
http://tek.sapo.pt/4L0/557549.html

O secretário de Estado da Justiça, João Tiago Silveira, anunciou esta manhã 
o apoio do Ministério da Justiça ao desenvolvimento de uma versão do Linux 
Caixa Mágica para a justiça. O projecto insere-se nas iniciativas de 
desburocratização da justiça e da desmaterialização dos processos em 
tribunal, desenvolvidas no Ministério, e ainda do apoio ao desenvolvimento 
do software de qualidade em português, explicou ao TeK João Tiago Silveira.

O anúncio foi feito no III Encontro Nacional sobre Tecnologia Aberta, que 
decorreu no Forum Lisboa, onde foi igualmente anunciada a disponibilização 
da nova versão do Caixa Mágica, o Desktop 10 Pro, que chega hoje às lojas.

O secretário de Estado afirmou ao TeK que o objectivo deste apoio ao 
desenvolvimento de uma versão específica para a justiça é utilizar o 
software aberto nos serviços do Ministério e organismos dependentes mas 
também obter um produto facilitador do acesso para quem trabalha todos os 
dias com a justiça, nomeadamente os advogados.

Questionado quanto à possibilidade de apoiar o desenvolvimento de um 
projecto específico para a justiça na área do software proprietário, João 
Tiago Silveira afirmou que o Ministério da Justiça tem de ter preocupações 
de racionalização das despesas e gestão de recursos. "Não temos de ter para 
todas as opções decisões de duplicação", sublinhou.

O secretário de Estado frisou ainda o facto do Linux Caixa Mágica trazer 
vantagens na gestão racional das aplicações e dos dinheiros públicos, para 
além da sua adaptabilidade, benefícios normalmente apontados ao software 
aberto.

Para o desenvolvimento de uma versão do Linux Caixa Mágica para a justiça o 
ministério está a colaborar com a ADETTI (Associação para o Desenvolvimento 
das Tecnologias e Técnicas de Informática) de onde partiu o projecto Caixa 
Mágica, e o Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa. Estas 
duas instituições vão assegurar os desenvolvimentos futuros, bem como o 
suporte técnico e a formação necessária dentro dos diversos organizamos 
ligados ao Ministério da Justiça.

As adaptações ao Caixa Mágica vão facilitar sobretudo a comunicação entre os 
vários intervenientes dos processos na justiça e fazem parte de um plano 
mais vasto de apoio ao software português de qualidade, já previsto no 
Programa do Governo.

Sem adiantar grandes calendarizações para o projecto, João Tiago Silveira 
adiantou que se pretende que até ao final do ano o Linux Caixa Mágica esteja 
já adaptado às necessidades da justiça. Quanto ao projecto de 
desmaterialização dos processos, o calendário do Ministério aponta para que 
esteja completo no espaço de quatro anos, mas antes disso o ministério 
deverá ter os seus processos internos desmaterializados.

João Tiago Silveira afirmou ainda que este apoio ao desenvolvimento de 
software aberto para a justiça não se esgota no acordo agora anunciado para 
a Caixa Mágica, lançando um repto para as universidades que queiram 
participar no desenvolvimento aplicacional e informatização do Ministério da 
Justiça.